Estações dos Sentimentos

Meus sentimentos podem ser traduzidos pelas estações …

Muitas vezes me sinto por dentro tão fria quanto o inverno

A primavera traduz meus momentos de alegria intensa e colorida

Acordo as vezes apagada e nublada como o outono

Mas sei estar quente como verão quando conveniente

Um coração pode conter estações de sentimentos

Que podem mudar de acordo com o vento de inspirações

Ou por chuvas de lágrimas

Raios de alegria que surgem de repente

Momentos que fazem brotar sensações agradáveis

Fazem refletir no olhar o brilho das emoções

Como é bom ter um coração com todas as estações

Anúncios

Um jeito novo de amar …

Sem palavras … apenas olhares …

Sem toques … apenas olhares …

Como posso ter a certeza da nossa conexão?

Como posso amar com tão pouca interação?

Como posso sentir toda essa emoção?

Como me causa tanta inspiração?

Mesmo distantes, separados por circunstâncias

Mesmo sem toques nem palavras

Sinto você e meu sentimento crescendo aqui dentro

Brotando tão forte que me faz pensar que posso estar a te amar

De um jeito novo e inédito

Mas as vezes surge o tédio de não poder falar

Como em pesadelos em que ficamos sem a voz

Surge o tédio de não poder me aproximar

Como em pesadelos em que não conseguimos andar

Então num gesto desesperado de atenção em ti esbarro com intenção

Quero que saiba que estou aqui

Quero que sinta meu olhar, meu discreto e breve toque em ti

Quero que veja, que deseje, que aproxime discretamente

Dentro dos limites impostos a nós, quero ter a certeza de que não estamos cada uma a sós

E assim com um manifesto de um jeito inóspito

E desse jeito meio sem jeito desejo, e induzo sua atenção

Me derreto com seus olhares

Com essa nossa maneira de interação

Sim desejo você, espero você, sinto você

De um jeito que apenas eu sei fazer

De um jeito que estou a suportar

De um jeito que me faz te querer e até te amar

Como pode?

Para o amor tudo isso dá forças

Permanece, espera, alegra e entristece

A certeza de que te amo me faz lutar contra tudo que nos separa

Queria que você pudesse ao menos ler o que se passa nesse meu coração

 

Metade …

É sempre bom lembrar
Que um copo vazio
Está cheio de ar.
Que o ar no copo ocupa o lugar do vinho,
Que o vinho busca ocupar o lugar da dor.
Que a dor ocupa metade da verdade,
A verdadeira natureza interior...
 e a mente se perde no meio da dor e do seu eu interior...
pois a dor anestesia nosso real valor
Uma metade cheia, uma metade vazia.
Uma metade tristeza, uma metade alegria.
A magia da verdade inteira, todo poderoso amor.

Autores:Igor Gutierrez  e   Gui Piá