Inspiração

Tem dias que fico sem rumo em meus próprios pensamentos

Então começo a vaguear em busca de palavras

Quando surgem palavras busco a inspiração

Dentro do coração começam a borbulhar sentimentos

Então começo a sentir do ambiente os elementos

Que podem me inspirar

Se isto falhar, a minha volta solto o meu olhar

Em busca de uma paisagem, algo inspirador

Mesmo assim meus pensamentos ainda sem rumo

Numa tentativa desesperada de poesia

Procuram inspiração numa fantasia

Não precisa ser minha

Busco então imagens, fotografias

Que transcrevam meus sentimentos mais íntimos

Meus pensamentos mais profundos

Que quero expressar de forma poética

Descrevo então meu coração

Um segredo:  a chave do meu coração é poesia, harmonia, verso

Seja bem vindo ao meu universo

Mas você está na sala de espera …

Não desista valerá a pena ter o privilégio de me ler, entender, conhecer

Aguarde, você é o próximo

Quando eu te “chamar” vou te entregar a chave

A chave do meu coração

Para: Alguém especial.

Por que …

 
Por que chega um momento em nossa vida que aquela pessoa que queremos pertinho tem que se distanciar
Por que é tão dificil pensar e se acostumar que sem tanto carinho vamos ter que seguir e viver
Por que tudo isso que aos olhos de outros parece tão simples e os nossos tendem dificultar
Por que há tanta barreiras para viver os sentimentos verdadeiros
Por que nossos corações insistem em ficar a pensar devaneios alheios
Por que a vida nos enche de surpresas e as vezes nos passa a perna
Por que sinto o que não gostaria de sentir e quero o que não posso querer
Por que estou aqui querendo algo e tem gente por aí a me querer sem eu saber
Por que a espera é longa quando não se sabe e triste quando se sabe
Por que a vida as vezes passa rápido de mais quando não queremos e não passa quando queremos
Por que existem tantas questões que criamos e nos perguntamos sendo que sabemos que não há respostas precisas
Por que achamos que sabemos o que queremos mas quando temos tememos não ser exatamente como pensamos
Por que pensamos tanto em tantas coisas e em tanta gente e sentimos tanto de tantas formas o que não compreendemos
Por que não entendemos simplesmente as coisas como elas são, inventamos o queremos entender
Por que por tantas vezes nos escapamos pela escrita para nos autocompreender
Por que tantas coisas vem nos afligir e ficamos tentados a entender
Por que não está ao nosso alcance simplesmente ser e viver

Por que? 
Porque cada um tem suas questões não resolvidas
Para isso existe a vida 
Em volta de você outras vidas que te fazem as respostas querer
E pra isso continuamos a viver
Talvez em nossa própria vida não respondemos nossas próprias questões
Mas ajudamos outros com a nossa vida a resolver suas questões
Assim como somos ajudados pela vida deles a resolver nossas questões
Então entendo porque não queremos ficar só
Porque buscamos no outro a resposta para nós
E esta busca faz querermos conhecer outras pessoas e suas palavras
Outras pessoas e suas questões, ilusões, inspirações, soluções
Outras pessoas e suas ações que talvez de alguma forma respondam ou tragam mais questões
E assim quando alguem vai, chega ou aparece surgem respostas e mais perguntas para que a vida continue

Um jeito novo de amar …

Sem palavras … apenas olhares …

Sem toques … apenas olhares …

Como posso ter a certeza da nossa conexão?

Como posso amar com tão pouca interação?

Como posso sentir toda essa emoção?

Como me causa tanta inspiração?

Mesmo distantes, separados por circunstâncias

Mesmo sem toques nem palavras

Sinto você e meu sentimento crescendo aqui dentro

Brotando tão forte que me faz pensar que posso estar a te amar

De um jeito novo e inédito

Mas as vezes surge o tédio de não poder falar

Como em pesadelos em que ficamos sem a voz

Surge o tédio de não poder me aproximar

Como em pesadelos em que não conseguimos andar

Então num gesto desesperado de atenção em ti esbarro com intenção

Quero que saiba que estou aqui

Quero que sinta meu olhar, meu discreto e breve toque em ti

Quero que veja, que deseje, que aproxime discretamente

Dentro dos limites impostos a nós, quero ter a certeza de que não estamos cada uma a sós

E assim com um manifesto de um jeito inóspito

E desse jeito meio sem jeito desejo, e induzo sua atenção

Me derreto com seus olhares

Com essa nossa maneira de interação

Sim desejo você, espero você, sinto você

De um jeito que apenas eu sei fazer

De um jeito que estou a suportar

De um jeito que me faz te querer e até te amar

Como pode?

Para o amor tudo isso dá forças

Permanece, espera, alegra e entristece

A certeza de que te amo me faz lutar contra tudo que nos separa

Queria que você pudesse ao menos ler o que se passa nesse meu coração